Nossa História

A inviabilização do Estado como único provedor do bem-estar social pela capacidade em lidar com todas as atividades básicas de prover a sociedade, e sua fragilidade em virtude do dinamismo da globalização do comércio, economia e tecnologia, vem mobilizando o chamado TERCEIRO SETOR, um conjunto de organizações dotado de um grande volume de recursos humano, material, experiências e conhecimentos sobre formas inovadoras de enfrentamento das questões sociais. Assim é o Instituto Gênesis, uma organização que impulsiona as iniciativas na direção do atendimento às necessidades e o desenvolvimento sustentável da sociedade - sem o objetivo do lucro - atuando como interlocutora e parceira das políticas governamentais.

Neste conjunto, a instituição adquire o mérito da qualificação como uma organização de Utilidade Pública Federal e Municipal, diferenciando-se das demais pelo reconhecimento de seu caráter público pelo Estado.

Sendo assim, o Instituto Gênesis, fundado em 21 de junho de 2002, já somou até o ano de 2011 cerca de 77.780 beneficiários de atendimento direto ou indireto, abrangendo suas ações, pelo estado do Espírito Santo, Sul da Bahia, Rio de Janeiro, Campinas-SP, BH-Minas Gerais e DF-Brasília.

O ano de sua fundação foi marcado pela implantação do Programa de Estágio e estabelecimento de parcerias com escolas, empresas e a rede social.

Em 2003, foi implementado o projeto de Orientação Profissional em parceria com a Cia. Siderúrgica de Tubarão – Arcelor Mital, por meio do Projeto Gaivotas; estabeleceu-se parceria com o IESDE – Inteligência Educacional e Sistemas de Ensino, pelo qual foi implantado curso de magistério à distância e com Winner Informática, o instituto passou a desenvolver qualificação profissional oferecendo cursos de Departamento Pessoal, Informática Básica, Assistente Fiscal, Assistente Administrativo, Telefonista/Recepcionista com Técnicas de Telemarketing.

Em 2004 teve início o Programa de Aprendizagem, oferecendo os cursos Serviços Administrativos e Operador de Vendas; foi implementada em parceria com IESDE o curso Normal Superior a Distância e o Programa de Acompanhamento Funcional nas empresas parceiras.

Na perspectiva de construção de políticas públicas de assistência à criança e adolescente, o Instituto Gênesis foi eleito em 2005, para compor o Conselho Municipal de Assistência Social do Município de Vitória, sendo reeleito para o pleito 2007/2009. O projeto Escola de Fábrica do Ministério da Educação foi implantado por iniciativa do Gênesis, oferecendo curso de Iniciação Profissional em Agente Comunitário e Iniciação Profissional em Atendimento Hospitalar.

Ainda em 2005, o Instituto recebeu a certificação com o Top of Mind de Consagração Pública Brasileira, Categoria Atividades Associativas, emitido pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa de Opinião Pública.

Em 2006, o Instituto Gênesis foi eleito também para compor a coordenação colegiada do Fórum Estadual de Erradicação do trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador – FEPETI além de contribuir para o fortalecimento e fomento da rede informal de proteção social coordenada pelo CRAS- Centro de Referência da Assistência Social desenvolveu o projeto Praia Limpa e a Formação do Primeiro Grupamento de Proteção ao Turista da Guarda Municipal de Vitória, ambos em parceria com a Prefeitura Municipal de Vitória.

Também em 2006, o Instituto Gênesis participou do 1º Edital Nacional  do INSTITUTO UNIBANCO, e foi selecionado para integrar o “Programa de Formação de Aprendizes” da instituição. Em todo Brasil, foram apresentados 182 projetos de organizações não-governamentais que desenvolvem o Programa de Aprendizagem sendo selecionadas 7 (sete) instituições. 

Esta vitória não foi apenas do Instituto Gênesis, mas de toda sociedade civil organizada que luta pela implantação de ações voltadas para a formação dos aprendizes no Espírito Santo, colocando nosso Estado em destaque Nacional.

Ainda em 2006 foram aprovados pelo Ministério da Educação os cursos de Iniciação Profissional em Construção Civil, Iniciação Profissional em Representação de Produtos e Equipamentos para a Construção Civil, e Iniciação Profissional em Representação de Produtos Farmacêuticos através do Projeto Escola de Fábrica em parceria com o Ministério da Educação.

Em Abril de 2007, foi dado início ao Programa de Formação de Aprendizes do Instituto Unibanco, com a contratação de 125 adolescentes aprendizes nas mais diversas empresas capixabas.

No mês de Setembro o Instituto recebia o relatório comunicado nº 001/2007, onde constava a instituição como a única com 100% da meta realizada do Projeto Adolescente Aprendiz – PJA do Instituto Unibanco.

Também em Setembro de 2007, foram obtidas aprovações de seis, dos oito projetos de qualificação profissional, apresentados a Secretaria Estadual do Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social – SETADES. Este projeto visa a qualificação social e profissional em Informática Básica, Informática Avançada, Informática para Deficiente Auditivo, Artesanato, Libras, Telemarketing, Telefonista e Recepcionista que foram concluídas em Dezembro.

No mesmo mês, foi deferido o Registro do Conselho Nacional de Assistência Social – CNAS, publicado conforme resolução nº 158, de 20 de setembro de 2007.

Em Dezembro de 2007, o INSTITUTO GÊNESIS teve novamente selecionado o Projeto Jovens Aprendizes desenvolvido pela instituição no 2º Edital Nacional para seleção de parceiros do INSTITUTO UNIBANCO, ficando em 2º lugar na classificação geral entre as entidades selecionadas no referido edital em todo Brasil, reafirmando a qualidade do programa de aprendizagem em nível nacional, o compromisso social com a juventude e a sintonia com a missão empreendida pelo INSTITUTO UNIBANCO no apoio ao desenvolvimento da educação, em especial a formação de jovens aprendizes.


Telefones Institucionais
Conheça o Web in Box e veja como é fácil ter seu website profissional